Naomi Campbell sai da delegacia com boné do Brasil

A modelo Naomi Campbell foi acusada nesta quinta-feira de agressão não premeditada após um incidente em que supostamente golpeou sua empregada na cabeça com um telefone celular, causando-lhe um ferimento que a levou ao hospital, disse a polícia. O incidente ocorreu durante uma discussão no apartamento de Naomi em Park Avenue, porque a modelo não encontrou uma calça jeans que queria vestir.Por meio de seu advogado David Breitbart, Naomi se declarou inocente. Ela saiu da delegacia usando um boné preto bordado com a palavra Brasil e pode permanecer com seu passaporte, após seu advogado considerar que seu rosto famoso a impediria de sair do país.Naomi, de 35 anos, foi presa pouco depois de a polícia ter recebido um telefonema do Hospital Lenox Hill para investigar um suposto incidente de agressão, às 8 horas da manhã (horário local).A top saiu da delegacia de Manhattan pouco depois das 16 horas (horário local), em meio a um mar de fotógrafos.A vítima, de 41 anos, se reuniu com os policias e identificou Naomi como a pessoa que a agrediu. Ela teve de levar quatro pontos para fechar a verida, disse a polícia.Em uma declaração, um porta-voz de Naomi negou a responsabilidade da mdoelo no incidente. "Acreditamos que este é um caso de represália, porque Naomi havia despedido sua empregada antes desta manhã", assinalou na declaração o prota-voz J.R. Johnson. "Confiamos que os tribunais entendam a história assim", acrescentou.Nascida em Londres, Naomi é conhecida por seu comportamento agressivo. Em 2003, uma ex-assistente administrativa da top abriu um processo contra ela por supostamente ter jogado um telefone nela durante uma discussão dois anos antes, em um hotel de Beverly Hills. A mulher também acusou Naomi de tê-la subjugado e empurrado sobre um sofá.Em fevereiro de 2000, Naomi se declarou culpada de ter agredido um outro assistente durante uma filmagem no Canadá, em 1998.Naomi foi descoberta como modelo aos 15 anos e teve uma carreira de muito sucesso, com sua imagem estampada em revistas em todo o mundo. Um juiz agendou nova audiência para o dia 27 de junho.

Agencia Estado,

31 de março de 2006 | 10h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.