Na TV, a juventude rebelde de Francis Ford Coppola

Quando os críticos se referem a Francis Ford Coppola como gênio não estão saudando só o autor da monumental saga de O Poderoso Chefão ou de Apocalypse Now, que este ano será exibido no Festival de Cannes numa versão restaurada, com quase uma hora a mais de imagens. A genialidade de Coppola passa por O Selvagem da Motocicleta, que o Telecine Emotion, da Net/Sky, exibe hoje em dois horários, às 15h40, e, na madrugada, já na sexta, à 1h20.É um filme de 1983, adaptado, como Vidas sem Rumo, que o diretor fez um ano antes, de S.E. Hinton. É a história de um adolescente um tanto alienado (Matt Dillon), que vive à sombra do irmão mais velho (Mickey Rourke, no papel de sua vida). Assim como criou um imenso painel sobre a Máfia com a trilogia do Chefão, Coppola fez, com esses filmes, seu painel sobre a juventude delinqüente. O Selvagem é emocionalmente intenso e visualmente estilizado, com sua foto em preto-e-branco permeada por um decisivo momento em cores. Veja e descubra por que é um emblema do pós-moderno na tela.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.