Na praia instrumental cheia de bossa

O Rio de Janeiro mantém acesa a tradição de bons grupos de choro, mas outros gêneros de música instrumental não têm tanto espaço. A observação é do poeta, compositor, pesquisador e produtor Bernardo Vilhena. Ele divide com Carol Rosman a curadoria do Copa Fest, evento que tem a segunda edição realizada a partir de hoje no Golden Room do Hotel Copacabana Palace (Av. Atlântica, 1.702, 21-2548-7070).

Lauro Lisboa Garcia, O Estado de S.Paulo

16 de abril de 2010 | 00h00

A ideia de abrir mais espaço para a música instrumental remete aos tempos de maior êxito da bossa nova, quando os bares e boates do bairro fervilhavam ao balanço de grandes combos e solistas. Não por acaso, Osmar Milito, Marcos Valle, César Camargo Mariano e Hermeto Pascoal, atrações do festival, trazem influências dessa praia. "A gente resolveu fazer um corte dos anos 50 para cá. Admiro muito esses músicos e queremos mostrar que são eles que cozinharam a bossa nova, que tocavam de fato no Beco das Garrafas", diz Vilhena.

Não por coincidência, são músicos de reconhecimento internacional, mais presentes no Hemisfério Norte do que aqui. Um deles, de outra geração, é o multi-instrumentista Zé Luiz, que tocou com Caetano Veloso e Cazuza e se mudou para Nova York há 20 anos. Zé Luiz volta a se encontrar com a Banda Magnética (carioca), dando um passo além do que apresentaram no 1.º Copa Fest. Eles abrem a programação hoje às 21 horas. Em seguida, toca o sexteto de Hermeto.

O mais novo do elenco, Chico Pinheiro abre a noite de amanhã, às 19 h, com seu quarteto, com Marcos Valle e o trio de César Mariano na sequência. No domingo, o pianista Osmar Milito, seu trio e convidados encerram a programação a partir das 18 h. Os ingressos custam R$ 80 e R$ 40 para cada show. No Lounge Copa também vai rolar só música instrumental brasileira nas pick-ups do coletivo mineiro Vinil É Arte. Com outra edição prevista para este ano, o Copa Fest deve vir a São Paulo em outubro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.