Na Internet, Elvis Presley não morreu

Elvis não morreu. Pelo menos na Internet. Com a celebração de 23 anos da morte do rei, fica cada vez mais forte a presença dele na rede, em web sites que fazem homenagens, reúnem fãs por meio de eventos e, claro, que promovem a venda de souvernirs. São milhares de páginas dedicadas ao cantor, incluindo a oficial Elvis-Presley.com, que acaba de ser reformulada para a Elvis Week, uma série de comemorações que terminou na quarta-feira. Os números são impressionantes: em uma procura pelo nome do pop star na internet, aparecem mais de 500 mil referências. No web site de leilões eBay, por exemplo, são mais de 7 mil produtos à venda. E na transmissão online da vigília anual feita na frente da mansão de Graceland, em Memphis, Tennessee, cerca de 10 mil usuários compareceram (nada comparável aos lançamentos de coleções de lingeries da Victoria´s Secret, mas considerado muito bom). Os fanáticos por Elvis acham que a Internet combina com o ídolo. "Ele sempre foi fã de novas tecnologias, teve videocassete antes de todo mundo e adorava televisões gigantes", aposta um dos diretores da Elvis Presley Enterprises, que toma conta do patrimônio dele. "Ele ficaria muito animado com a distribuição digital de música, porque adorava ver suas gravações em todos os lugares e era uma alma muito generosa."Para garantir que Elvis continue feliz onde quer que esteja, eles transformaram a página oficial do rei em uma grande central de informações. É possível saber por onde está passando a Elvis Tour (um show com a banda original do cantor tocando seus principais sucessos acompanhados de um vídeo dele, em estilo Unforgettable), o que anda fazendo Liza Marie Presley (atividades beneficentes) e quais são os planos para o futuro. O bom de manter vivo o espírito de um nome tão famoso quanto Elvis é que sempre há uma efeméride e a Internet é a ferramenta perfeita para a divulgação de qualquer novidade, excitante ou não. O "gancho" do momento é a comemoração dos 30 anos do filme Elvis, That´s The Way It Is, que foi o tema da Elvis Week deste ano. A produção da MGM ganha versão remasterizada e vai ser lançada em DVD no fim do ano, ao lado de outros filmes dele. Outro projeto futuro é uma minissérie "definitiva" sobre a trajetória do artista. A empresa diz estar "sem pressa" para realizar o "tão sonhado projeto" com algum dos "vários" canais de TV interessados. Eles ainda não revelam outros detalhes. Um detalhe engraçado do Elvis-Presley.com é a disponibilização de uma área em português. Traduzido usando o sistema automático de uma empresa chamada Systran, produz uma versão hilária da apresentação, em que "fan" (fã) vira "ventilador", "lots" (muitos) vira "lotes" e "check out" (dê uma olhada) aparece como "verificação para fora".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.