Muti ganha o príncipe de Astúrias

O prêmio Príncipe de Asturias das Artes 2011 foi anunciado ontem para o diretor de orquestra italiano Riccardo Muti por sua "trajetória de dimensão universal". No total, 35 candidatos de 20 nacionalidades, concorreram à 31.ª edição da premiação espanhola, cuja cerimônia de entrega ocorrerá no segundo semestre em Oviedo. Em 2010, quando Mutti ficou entre os finalistas, o vencedor foi o escultor americano Richard Serra. O músico italiano, nascido em 1941, já foi diretor da Filarmônica de Londres e do Scala de Milão e atualmente está à frente da Orquesta Sinfônica de Chicago. Ele receberá 50 mil e escultura criada por Joan Miró. / EFE

, O Estado de S.Paulo

05 de maio de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.