Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Musical sobre Cole Porter reabreTeatro Maksoud

São 39 canções de Cole Porter - entre elas Everytime We Say Goodbye e Night and Day - e um perfil desse genial compositor traçado por mulheres de sua vida. Com esse roteiro o musical Cole Porter - Ele nunca Disse Que me Amava, assinado pela dupla Charles Möeller e Cláudio Botelho, vem fazendo grande sucesso desde sua estréia, no Rio, em 2000. Com elenco renovado, o espetáculo volta agora a São Paulo para reabrir em grande estilo o Teatro Maksoud Plaza.Filho de uma mulher rica e obsessiva, Kate Porter, para quem compôs a canção Kiss me Kate, Cole Porter nasceu em 1891, nos EUA. Desde criança foi obrigado a estudar música exaustivamente. Sua mãe, interpretada por Regina Restelli nessa nova versão paulistana, acreditava cegamente no talento do filho e estava disposta a fazer dele um astro. Curiosamente, Cole Porter não aparece fisicamente no musical o que, de certa forma, fortalece sua imagem, sempre vista através de mulheres que o amaram.Homossexual, ele despertou paixões femininas, como a de Linda Lee (Paula Capovilla), a responsável pela catalogação de suas obras, com quem foi casado muitos anos. A empresária Elizabeth Marbury (Sara Sarres), a festeira Elza Maxwell (Andrezza Massei) e a atriz Ethel Merman (Neusa Romano) completam o rol das mulheres que narram a história de Porter, morto em 1964. Há ainda uma personagem fictícia vivida por Patrícia Levy. Três músicos executam as canções ao vivo, sob a batuta do maestro Breno Lucena.Cole Porter ? Ele nunca Disse Que me Amava. Texto e direção Charles Möeller. Direção musical Claudio Botelho. Duração: 2 horas. Sexta e sábado, às 21 horas; domingo, às 19 horas. R$ 40,00 e R$ 50,00 (sábado). Teatro Maksoud Plaza. Alameda Campinas, 150, tel. 3145-8000, r. 651. Até 30/4.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.