Musicais da Broadway fecham as portas por causa de crise

Pelo menos 15 produções estão com dias contados, mas indústria está otimista.

Matthew Wells, BBC

14 de dezembro de 2008 | 21h36

A atual crise econômica bateu às portas da Broadway, a famosa rua dos teatros de Nova York.Nos próximos dois meses, nada menos que 15 espetáculos sairão de cartaz. E as vendas antecipadas de ingressos para musicais e peças estão cada vez mais fracas, também por causa na queda do número de turistas estrangeiros.Um dos espetáculos com os dias contados é o exuberante musical O Jovem Frankenstein, que antes do início da crise, chegou a ter ingressos a US$ 425 (pouco mais de R$ 1 mil).O tradicional Grease - Nos Tempos da Brilhantina encerra sua temporada no dia 4 de janeiro, assim como quatro outras produções.'Estrelas'Entre os produtores, o sentimento é de nervosismo e a preocupação é de que o pior ainda está por vir, já que os patrocinadores estão cortando a verba."A venda antecipada de ingressos para 2009 caiu bastante. Vários dos novos musicais e peças vão enfrentar tempos difíceis", disse à BBC Michael Riedel, colunista de teatro do jornal The New York Post. "A não ser que tenham em seu elenco alguma grande estrela e ofereçam bilhetes a preços razoáveis, muitos vão sofrer para se manter."Mas a Broadway League, organização que representa a indústria em Nova York, diz que não há motivo para pânico. Segundo a organização, todos os espetáculos que fecharão suas portas nas próximas semanas serão substituídos por outros."Temos dez produções indo extremamente bem. Elas não estão enfrentando problemas", afirmou Charlotte St. Martin, diretora-executiva da Broadway League. "Creio que sempre há essa profecia que se auto-alimenta: se você diz que algo não vai bem, acaba não indo bem mesmo."Além da crise econômica generalizada, o dólar forte está tornando Nova York um destino menos atraente para os turistas estrangeiros do que na mesma época em 2007.Mas como esses turistas representam 11% do público da Broadway, St. Martin insiste que "o show vai continuar".BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.