Musicais ainda são os recordistas

Os musicais continuam batendo recordes de público. Em Londres, Os Miseráveis, que estreou em 1985, continua em cartaz, após ter sido montado em 41 países. O Homem-Aranha, a mais cara produção feita na Broadway, ainda atrai espectadores, apesar das críticas negativas que recebeu na estreia. Até em Buenos Aires a febre dos musicais tem garantido aos produtores um bom retorno. Exemplo disso foi Más Respeto Que Soy tu Madre, que fechou a temporada com 600 mil espectadores. O Brasil segue o exemplo com a sedimentação do gênero, encenando clássicos como Cabaret e remontando, em 2012, outros musicais americanos. / EFE

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.