Museu Van Gogh adquire obra rara do artista

O Museu Van Gogh, em Amsterdã, anunciou hoje ter adquirido um importante desenho do primeiro período de Vincent van Gogh, um retrato de 1882 de um vendedor de rua de Hague chamado Retrato de Jozef Blok. O trabalho, em lápis e aquarela, foi adquirido de um colecionador particular por um valor não divulgado, disse o porta-voz do museu, Marion Wolff.Van Gogh mencionou o desenho em uma carta a seu irmão Theo em novembro de 1882: "Você sabe quem eu desenhei esta manhã? Blok, o vendedor de livros judeu". Ele disse que tinha comprado algumas revistas de Blok e estava "muito feliz" com ele.O retrato mostra um home de cabelo curto, costeletas e barba, aparentemente divagando. "Van Gogh quase sempre evitava a cor neste período, pois ela apresentava muitas dificuldades, o uso da aquarela é de se destacar", disse o museu. "Ele confirma o status do trabalho: o desenho pode ser o único retrato genuíno que conhecemos do período holandês de Van Gogh". Van Gogh, 1853-1890, é mais conhecido por suas pinturas a óleo que fez nos últimos três anos de sua carreira de dez anos. Os mais conhecidos retratos do primeiro período de Van Gogh são duras e angulares, disse o museu, pouco mais que rascunhos de estudos."O retrato de Blok, em contraste, foi feito finamente em lápis e aquarela, com as costeletas adicionadas em litografia preta". O retrato será exposto no Museu Municipal de Hague de 5 de fevereiro a 16 de maio e no Museu Van Gogh Museum em Amsterdã de 1.º de julho a 18 de setembro como parte de uma exibição de desenhos de Van Gogh.O trabalho de Van Gogh não era bem visto durante sua vida, apesar de suas pinturas serem vendidas agora a preços altíssimos. Exemplo de um artista torturado, ele cometeu suicídio na França, em 1890.

Agencia Estado,

27 de janeiro de 2005 | 14h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.