Museu vai averiguar autenticidade de obra de Van Gogh

A Galeria Nacional de Vitória (NGV), em Melbourne, anunciou que vai averiguar se o quadro "Cabeza de Hombre", atribuído a Vincent Van Gogh, é falso, como denuncia uma pinacoteca de Edimburgo.A pintura, datada de 1880 e avaliada em aproximadamente US$ 15 milhões, foi adquirida em 1940 pela NGV e atualmente se encontra emprestada à Galeria Dean de Edimburgo, na Escócia.Os analistas da galeria escocesa duvidam da autoria do quadro, já que o retrato é horizontal e está pintado em uma tela montada sobre madeira, um meio que, segundo os especialistas, é pouco comum para Van Gogh.O diretor da NGV, Gérard Vaughan, disse à rádio ABC que todos os analistas do pintor holandês aceitaram a autenticidade da pintura, mas indicou que o museu "está aberto ao debate e ao diálogo e não considera o questionamento como algo incomum no mundo da arte".Vaughan acrescentou que se a pintura realmente for falsa, algo que a NGV nega, o quadro perderá todo o seu valor econômico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.