Fred Prouser/Reuters
Fred Prouser/Reuters

Museu do Grammy abre mostra de Whitney Houston

Exposição inclui vestidos, prêmios, roteiros de cinema, fotos como modelo e objetos pessoais

PIYA SINHA-ROY, Reuters

16 de agosto de 2012 | 11h05

O Museu do Grammy apresentou na quarta-feira um tributo à falecida cantora Whitney Houston.

A exposição Whitney! Celebrando o Legado Musical de Whitney Houston, foi montada por parentes da cantora, que morreu em fevereiro, aos 48 anos, afogada acidentalmente numa banheira de hotel.

A exposição inclui vestidos, alguns prêmios Grammy recebidos por ela, roteiros de cinema, fotos como modelo e objetos pessoais.

"Escolhemos coisas que as pessoas vão achar mais interessantes e que, em muitos casos, trazem lembranças divertidas", disse a jornalistas Pat Houston, cunhada e ex-agente da cantora,

Um dos destaques da exposição é o vestido com contas que Houston usou no Grammy de 1994; cartas particulares do lendário produtor musical Clive Davis; e a xícara na qual Houston tomava chá antes de cada show.

A mostra não faz menção à turbulenta vida pessoal da cantora, nem ao seu envolvimento com drogas - um dos fatores que, junto com uma doença cardíaca, levaram à sua morte.

O Museu do Grammy disse que decidiu fazer a exposição por causa de queixas dos fãs sobre a ausência de qualquer homenagem póstuma. O evento vai até fevereiro de 2013.

Na sexta-feira, chega aos cinemas Sparkle, último filme feito por Houston.

(Reportagem de Piya Sinha-Roy)

Tudo o que sabemos sobre:
ARTEWHITNEYMUSEU*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.