Museu devolverá quadro de Klimt

O Museu de Arte Moderna de Salzburg anunciou na última quinta-feira que vai devolver um quadro de Gustav Klimt ao neto de sua proprietária original, que teve a obra confiscada pelos nazista durante a 2.ª Guerra Mundial. O quadro Litzlberg am Attersee foi pintado em 1915 e pertencia a Amalie Redlich, deportada e assassinada em 1941. A investigação confirmou a espoliação, e a obra será entregue a Georges Jorisch, neto e único herdeiro de Redlich. "Por mais doloroso que seja, creio que o governo de Salzburg deve permanecer no caminho de 2002 e não permitir que seja beneficiado de um regime criminoso", disse o diretor do museu, Wilfried Haslauer. / EFE

, O Estado de S.Paulo

27 Abril 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.