Museu da Madeira será reaberto

Para marcar a reabertura do Museu da Madeira Octávio Vecchi, fechado desde 1996 para restauração, será lançado neste sábado, às 12 horas, o livro Conhecer para Conservar. A instituição, localizada dentro do Horto Florestal, passou por uma ampla restauração, com destaque para a recuperação dos afrescos pintados em 1930. As pinturas reproduzem exemplares da flora, com 44 espécies de árvores nativas. Elaborado pelo Programa Estadual para a Conservação da Biodiversidade (Probio), o livro apresenta os principais ecossistemas do Estado e o conjunto das unidades de conservação mantidas pela Secretaria do Meio Ambiente, além de informações sobre a infra-estrutura oferecida e a legislação que trata do assunto. Foram restaurados também o mobiliário construído a partir dos diversos tipos de madeira existentes, assim como o prédio de arquitetura eclética, que teve parte do forro destruído pelos cupins.O acervo do museu tem a finalidade de mostrar o uso racional da madeira e a variedade da flora lenhosa existente no Estado. Os diversos empregos da madeira aparecem em peças de mobiliário, escultura, xilografia, entalhe e charao, técnica de verniz de laca originária da China e do Japão. Serviço -O Horto Florestal fica na Rua do Horto, 931.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.