Museu da Faap faz 40 anos com mostra

Os 40 anos do Museu de Arte Brasileira da Faap (MAB) serão comemorados com a abertura sábado para convidados, de uma exposição que reunirá 76 das 2.500 obras de seu acervo. A diretora do MAB, Maria Izabel Ribeiro, foi responsável pela curadoria e, segundo ela, o intuito é mostrar para o público e para os alunos da Fundação Armando Álvares Penteado (Faap) todo o percurso histórico de formação do museu e de seu acervo. O museu foi fundado em 11 de agosto de 1961 por Annie Penteado, viúva de Armando Álvares Penteado com a exposição Barroco Brasileiro. Seu marido tinha vontade de criar uma fundação que fosse voltada à arte e que tivesse algum curso relacionado a essa área. Por isso, surgiu a idéia de se criar um museu. Essa exposição de 40 anos de MAB estará dividida em três partes. A primeira oferece uma visão histórica da formação do museu, mostrando o trajeto de seu projeto. Segundo a diretora, Annie tinha idéia de fazer uma parceria com o Museu de Arte de São Paulo (Masp), mas não deu certo. O segundo módulo trata da própria fundação do MAB. Fotografias e documentos estarão expostos. E a terceira parte reúne algumas obras de seu acervo, "uma síntese dos vários núcleos de sua coleção", explica Maria Izabel. Há obras acadêmicas, modernistas, desdobramentos do modernismo, abstrações dos anos 50 e 60, figurações da década de 60 e contemporâneas. A peculiaridade é que há um espaço com trabalhos de artistas ex-alunos da Faap e de ex-alunos que são professores. Serviço - 40 Anos do Museu de Arte Brasileira da Faap. De terça a sexta, das 10 às 21 horas; sábado, domingo e feriado, das 13 às 18 horas. MAB. Rua Alagoas, 903, em são Paulo, tel. (11) 3662-1662. Até 21/12. Abertura sábado, às 16 horas, para convidados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.