Murilo de Carvalho vence prêmio Casa das Américas

O historiador José Murilo de Carvalho venceu o prêmio Casa das Américas 2004, na categoria literatura brasileira. Na avalição do júri, sua obra Cidadania no Brasil: O Longo Caminho é "uma interpretação concisa da história do Brasil independente", de "solidez conceitual e amplitude de investigação".Na categoria poesia, o vencedor foi Luis Lorente, de Cuba, com Esta tarde llegando la noche. Entre os contistas, o escolhido foi o argentino Pablo Hernán Petitto, por Todo puede suceder. A colombiana Carmiña Navia Velasco recebeu o Prêmio Extraordinário de ensaio sobre estudos da mulher.A Casa das Américas, sediada em Havana, Cuba, concede seu prêmio há 45 anos. Trata-se de um dos mais tradicionais troféus da América Latina. Além de Brasil, Cuba, Argentina e Colômbia, os jurados analisaram este ano obras da Bolívia, Chile, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela, entre outros países.

Agencia Estado,

30 de janeiro de 2004 | 11h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.