Mural de Portinari na ONU fará giro pelo mundo e passará pelo Brasil

Os dois painéis que compõem a obra 'Guerra e Paz' foram doados pelo governo brasileiro às Nações Unidas em 1957.

BBC Brasil, BBC

18 de novembro de 2010 | 06h27

Os dois painéis que compõem o mural Guerra e Paz, criado pelo artista brasileiro Cândido Portinari (1903-1962) para o prédio das Nações Unidas, em Nova York, foram removidos do local e embarcados rumo ao Brasil, onde passarão por restauração completa e serão expostos.

Segundo o Projeto Portinari, que cuida do acervo do artista, os painéis de 14 m por 10 m serão exibidos no Teatro Municipal do Rio de Janeiro na segunda quinzena de dezembro.

São planejadas exposições também no Museu Nacional de Brasília, em 2011, na Oca, em São Paulo, em 2013, e, depois, novamente no Rio de Janeiro.

No exterior, o plano é exibir as obras no Grand Palais em Paris, no Museu da Paz de Hiroshima (Japão), no Centro Europeu de Investigação Nuclear (Cern), em Genebra, na sede do Prêmio Nobel da Paz, em Oslo (Noruega), e no Moma, em Nova York.

Elas voltam à sede da ONU em 2013, quando acabar a reforma na sede da organização.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
portinariexposiçõesguerra e pazonu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.