"Mundois" é ensaio para crianças

Um mundo dividido entre adultos e crianças, Oriente e Ocidente, Hemisfério Sul e Hemisfério Norte, preconceito e consciência. A partir dessa premissa, o jornalista Daniel Piza escreveu o livro Mundois, "um ensaio para o público mirim" que trata dessa questão sobre as divisões feitas pelo homem e a importância da palavra para a criança, que será lançado sábado no Espaço Unibanco Arteplex do Shopping Frei Caneca, durante um evento especial de Natal preparado pela Associação Brasileira de Distrofia Muscular (Abdim).Durante algum tempo, Piza tinha a idéia de escrever um livro "para mostrar o outro lado das coisas". Pai de Letícia, de 4 anos, o jornalista observava as diferenças no universo adulto e infantil, assim como as divisões e até mesmo os preconceitos colocados pela palavra. "Minha intenção, não era simplesmente escrever um livro com personagens para crianças. Mas fazer da criança o próprio personagem, capaz de conversar com o livro. Mostrando que as palavras ao mesmo tempo em que dividem são capazes de unir e igualar mundos diferentes", explica.Ao terminar de escrever as últimas páginas do livro, o jornalista mostrou seu projeto para Marisa Moreira Salles, da Bei Comunicação, que ficou interessada em editar a obra. Também foi de Marisa a idéia de reverter a renda à Abdim - sob a liderança da doutora Mayana Zatz, do Departamento de Biociência da USP. Desse modo nasceu Mundois, que traz belas ilustrações do artista plástico Sergio Fingermann. "O trabalho de Fingermann ficou perfeito no contexto do livro. É interessante notar como as ilustrações formam um diálogo perfeito entre o verbal e o visual", afirma o autor. Serviço - Mundois. De Daniel Piza e Sérgio Fingermann. Editora BEI. 64 páginas. R$ 20,00. Sábado, às 12 horas. Unibanco Arteplex. Rua Frei Caneca, 569

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.