Multishow comemora 10 anos

Para a temporada de 2001 o Multishow reserva algumas novidades, que vão desde a inclusão de novos quadros de vários programas até a estréia de uma atração direcionada aos jovens de 17 a 25 anos, passando pela segunda fase de Música Brasileira e a terceira de Joana e Marcelo -Um Amor (Quase) Perfeito. "Este é o início das comemorações dos 10 anos do Multishow, que o canal completa este ano", antecipa Wilson Cunha, diretor de entretenimento. "E acredito que já começamos bem, com a cobertura do Rock in Rio, somando mais de 60 horas de transmissão ao vivo." Zero, co-produção do canal com a Grifa Cinematográfica, traz para a tela um novo formato de programa jovem. "Não usamos estúdio, nem auditório. Vamos para a rua trazer informação e não só entretenimento", explica Carolina Kotscho, que responde pela direção geral.Com estréia prevista para o dia 30 de março, sempre às sextas-feiras, às 17h30, Zero mostrará duas novas caras: Líria Varne, de 25 anos, e Daniel Warren, de 23, selecionados entre 54 candidatos. "Eles se encaixaram no perfil que buscávamos", atesta Carolina. Sobre o Zero, Líria diz que a equipe não buscou referências em nenhum outro programa. "Mas aposto que este formato vai aproximar mais os apresentadores do público." Seu "partner" -como a própria apresentadora se refere -elogia a liberdade e interação com a equipe da Grifa. "Temos acesso aos diretores e podemos construir o programa juntos, e isso é realmente muito bom. Tenho certeza que vai ser bem legal", garante Daniel. Tratando de assuntos que interessam ao público jovem, Zero será basicamente dividido em três blocos: profissões, making of e aventura. "Estaremos em situações perigosas, sem dar uma de heróis", explica a dupla. Outra novidade do canal é a segunda fase da série Música Brasileira, inicialmente apresentada por João Marcelo Bôscoli em 99. "Queremos mostrar nesses 20 programas uma série capaz de representar a nossa música no ano de 2001", explica ele. Com previsão de estréia para o segundo semestre, Música Brasileira, continuará trazendo música ao vivo. "Mas vamos adotar uma linguagem mais pop, acrescentando também assuntos da área de comportamento, e não só do universo de quem faz música", conta Marcelo, assegurando que os clássicos da MPB e os artistas que estão consolidando carreira terão espaço garantido. "Eles serão 40% do nosso programa."AMOR QUASE PERFEITO - Quem entra numa terceira fase é o casal Júlia Lemmertz e Alexandre Borges, interpretando os personagens Joana e Marcelo, que protagonizaram em 1998 na minissérie Mangueira- Amor à Primeira Vista. Em 2000, a continuação ganhou o nome de Amor Que Fica, e este ano foi batizada de Joana e Marcelo -Amor (Quase) Perfeito. Em parceria com a produtora M. Altberg, a minissérie terá cinco capítulos e contará novamente a história do casal, desta vez ambientada na cidade de Salvador (BA). As gravações devem começar entre os meses de março e abril. No elenco também retornam Vera Zimmerman, Roberto Bontempo, Guilherme Leme, Iara Jamra e Othon Bastos.Além dessas produções, Wilson Cunha também destaca o projeto Ih! Radical, uma espécie de quadro dentro do Radical Livre, apresentado por Alessandra Calor, de segunda a sexta, às 18h. Bandas ou artistas iniciantes poderão mandar um CD ou o MP3 com uma música para o canal, que após uma seleção irá disponibilizá-las no site (www.multishow.com.br). A mais votada pelo público ganhará um clipe produzido pelo Multishow. Ao todo serão 10 clipes eleitos. "Estamos abrindo espaço para aqueles que estão começando", diz Wilson, lembrando que os vídeos começam a ser exibidos a partir de junho.Nessa nova temporada, outros programas também prometem novidades. Confira o que muda, o que entra e quais os convidados de alguns deles:MULTISHOW EM REVISTA - Estréia de novos quadros, como Auto-Entrevista (o convidado faz e responde uma pergunta a si mesmo); O Bicho Vai Pegar (personalidades mostram seu animal de estimação), e Pelo Telefone (entrevistas exclusivas pelo telefone). Nova temporada de O Canto de Ariano, com o escritor Ariano Suassuna. Para fevereiro estão previstas matérias sobre carnaval, moda e comportamento na praia, além de uma maior cobertura do que está acontecendo em São Paulo. O novo cenário também promete mudar a cara do programa, que será mais ágil e menos formal. BATE-PAPO DIGITAL - Passa a ser produzido pela Grifa Cinematográfica, contando com 60 minutos a partir de março, e novo cenário. Para fevereiro estão agendados: Serginho Groisman (dia 5), Sílvio de Abreu (dia 12), Eva Wilma (dia 19) e Sérgio Bianchi (dia 26), sempre às segundas-feiras, às 23h. Em março, começa mais cedo: às 22h30. "O programa vai funcionar melhor com esse aumento do tempo. Também vamos usar mais imagens de arquivo para completar a entrevista com cada convidado", explica a apresentadora Lorena Calábria. ENSAIO GERAL - Também será produzido pela Grifa Cinematográfica. São programas inéditos a partir de fevereiro dedicados ao samba. Jair Rodrigues e Martinho da Vila estão entre os convidados. "Também temos planos de viajar com o programa", planeja Lorena.POR TRÁS DA FAMA - No pacote 2001, estão confirmados nomes como Jon Bon Jovi, Melissa Etherige, Barão Vermelho, Kid Abelha, Ed Motta, Ivan Lins e Fernanda Abreu. Apresentação de Nelson Motta, toda terça-feira, às 21h30.PRÊMIO DA MÚSICA BRASILEIRA - Paralela às novas atrações, o canal se prepara para o Prêmio Multishow de Música Brasileira, no qual o internauta e assinante do canal vota nos melhores em diversas categorias. Em 6 de março sai a lista dos indicados, e no dia 23 de maio acontece a entrega no prêmio, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. "Este ano há a criação de uma nova categoria: Homenagem, em que os próprios músicos escolhem outros músicos", explica Wilson Cunha.

Agencia Estado,

28 de janeiro de 2001 | 16h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.