"Mulher de Verdade", o novo programa feminino da Band

Depois de estrear o Território Livre para conquistar o público jovem, a Bandeirantes decidiu continuar investindo ainda mais em suas telespectadoras. Na próxima segunda-feira, dia 13, a emissora da família Saad lança um novo programa feminino, Mulher de Verdade, que será exibido ao vivo, de segunda à sexta, às 13 horas. Com duas horas de duração, o programa será apresentado por Tania Rodrigues e Silvia Franceschi (ex- "Surpresa & 1/2"), além de trazer também a participação de algumas colaboradoras fixas, como a chef de cozinha Rita Lobo e a consultora de imagem Cris Francine. De acordo com Celso Tavares, diretor executivo de Produção e Operações da Band, a intenção do programa é falar diretamente à mulher, mas buscar também a atenção dos mais diversos públicos. "Todas as informações são de alcance do telespectador. Com o lançamento de Mulher de Verdade, a Band segmentará ainda mais sua programação feminina, que já conta com a participação da Olga Bongiovani de manhã e Silvia Poppovic à tarde", explica. Sem fugir do modelo tradicional do segmento feminino, o programa aposta numa linha mais moderna de quadros como gastronomia, moda, artesanato e utilidade pública. Dicas de onde se divertir em São Paulo também estarão presentes no programa, principalmente às sextas, quando todos os quadros serão segmentados para a diversão do final de semana. "Estaremos mostrando bons lugares para curtir São Paulo e isso será levado, de alguma forma, para todos os quadros. Às sextas, a Cris estará dando dicas de como se vestir corretamente para ir ao cinema, ou a uma discoteca, por exemplo, enquanto que a Rita irá a um restaurante, que poderá ser a dica de lazer para o fim de semana", ressalta o diretor do programa, Eduardo Ramos. Kit exportação - Apesar de ser um programa transmitido apenas para a capital e Grande São Paulo, Mulher de Verdade também poderá ser exibido pelas afiliadas da Band graças ao formato classificado por Tavares como "kit exportação". "Como o programa entrará só na grade local, as afiliadas que se interessarem em produzir a atração regionalmente poderão seguir todo o modelo que estará no ar", acrescenta o diretor. O "kit" ao qual Tavares se refere inclui a linha editorial do programa, vinhetas, músicas, cenário e quadros fixos. "Também estaremos dando assessoria às afiliadas que se interessarem por esse formato moderno", salienta, lembrando que a região de Presidente Prudente deverá ser a primeira a ter o programa na grade de sua afiliada. "Acredito que até o final do mês já esteja no ar", aposta.

Agencia Estado,

12 de novembro de 2000 | 00h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.