Mulher admite ter quebrado janela de Simon Cowell

Uma mulher de 30 anos admitiu em um tribunal na sexta-feira ter quebrado a janela da casa do empresário musical Simon Cowell, em Londres, em março, com um tijolo.

Reuters

06 de julho de 2012 | 16h35

Leanne Zaloumis disse não ser culpada por outras duas acusações, de desordem e roubo, na Corte Isleworth Crown, no oeste de Londres, onde lhe foi concedida fiança.

A corte também lhe disse que ela não deve tentar entrar em contato com o juiz dos programas "X Factor" e "Britain's Got Talent" e se manter a uma distância de 300 metros da propriedade do empresário na área de Holland Park, informou a Press Association (PA).

Cowell, de 52 anos, assistia à televisão em seu quarto quando ouviu um "barulhão" vindo do banheiro na noite de 24 de março.

Zaloumis foi levada à delegacia de Notthing Hill depois de ser encontrada dentro de um closet na casa, informou-se em uma audiência anterior.

Ela também foi acusada de gritar contra Cowell e de jogar items na janela do banheiro enquanto estava em um telhado no lado de fora.

(Reportagem de Mike Collett-White)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTESIMONCOWELL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.