MTV recusa anúncio contra a guerra

A MTV americana anunciou hoje que vai recusar anúncios contra um eventual conflito no Iraque. A rede, que é parte do consórcio de mídia Viacom (que engloba CBS, VH-1, Nickelodeon, Blockbuster), explicou a decisão citando sua política editorial de vetar publicidade que possa ser considerada "inaceitável" por parte de sua audiência. Com a medida, a MTV acredita que se verá livre de pressões e desobrigada a tomar um ou outro lado.O anúncio que motivou a decisão da MTV é da campanha "Not In Our Name", comandada pela documentarista vencedora do Oscar Barbara Koplle. Nele, jovens explicam por que são contra a guerra no Iraque. Apesar da disposição da emissora, a propaganda pacifista poderá ser vista em Los Angeles e Nova York, durante os programas Total Request Live e Direct Effect. Isto porque os espaços já foram comprados das operadoras locais.

Agencia Estado,

13 de março de 2003 | 18h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.