MTV promove debate sem a participação de políticos

Com Lula, sem Lula, com Alckmin ou sem Alckmin, a MTV vai realizar o seu primeiro debate político. Diferentemente das outras emissoras, que marcam seus debates afoitas pela presença dos principais candidatos, o canal musical realiza um debate no próximo dia 22, mas sem a participação de políticos. Isso mesmo.De olho na repercussão de sua campanha sobre as eleições deste ano, que prega indignação e intolerância - não só contra os políticos -, a emissora reunirá representantes de várias entidades para discutir o tema e a importância do voto consciente.A emissora colocou no ar no mês passado a campanha MTV ovos e tomates que, em 15 vinhetas, sugere atirar ovos e tomates nos políticos corruptos, sem citar nomes. Para muita gente, a campanha instiga o eleitor a votar nulo.´Não é uma campanha pelo voto nulo e sim contra o político nulo. O problema é que muita gente vestiu a carapuça´, explica o diretor de programação da MTV, Zico Góes. ´Tivemos muitas reações contrárias, como a do prefeito do Rio, Cesar Maia (PFL), da Ubes (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas), e de um deputado estadual da Bahia que, em discurso na tribuna, acusou a MTV de pregar a violência contra políticos e, por ser uma emissora de origem norte-americana, estava a serviço do presidente George W. Bush´, conta Góes, rindo. ´Nesses debates vamos contar com representantes de entidades, como a Ubes; teremos também uma turma que defende o voto nulo e outras associações engajadas politicamente.´O debate será comandado pela VJ Penélope Nova.Ainda no clima de política, o VMB deste ano - premiação do videoclipe realizada pela emissora - terá o tema como mote principal de seus esquetes de humor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.