Movimento trouxe mais moda para a passarela

Movimento, uma grife de moda praia, exibiu no fim de tarde do 4.º dia do SPFW uma das coleções mais bonitas desta edição. Menos badalação, mais moda. Assim, a perspectiva do design foi a principal direção da coleção, legitimando a fama dos biquínis e maiôs brasileiros. A primeira menção à uma das temáticas, o psicodelismo, veio em forma de música. A rouquidão de Janis Joplin iniciou o grande show, que prosseguiu ambientado pelo mix do DJ Zé Pedro. Na passarela, uma palheta de cores variadas e trabalhadas em duas peças criativas - os biquínis - e maiôs esculpidos para uma silhueta feminina e sensual. Modelos muitos recortados, vazados, enfim, também valorizando os desenhos da coleção. Todas as cores foram observadas em suas formas primárias, como o amarelo, e também retrabalhadas sob o aspecto da estamparia (o naïf, o flower power e o psicodelismo). Entre os destaques, o pink e o verde ácido, duas tendências. E, para o fim, o preto em uma peça única de ótimo design, vestida por Ana Claudia Michels. Puro luxo e muita moda.Veja Galeria

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.