Movimento abre desfile sensual com top da hora

Liliane Ferrarezi, a new face da Ford - bambambã da temporada -, chegou ao 27.° lugar no ranking do site Models.com, e abriu com charme o desfile da Movimento, que pela segunda vez participa da SPFW. A coleção mesclou inspiração nos anos 60 e no sexy ingênuo dos 70, e talvez por conta disso, dessa sensualidade que precisa se disfarçar, encheu a passarela de maiôs engana-mamãe (que são maiô na frente e biquíni atrás) e outros que não enganam ninguém (unidos na frente apenas por uma faixa de tecido ou por acessórios de acrílico). As cores vêm forte, tons de neon. A modelagem está imensa. As calcinhas são largas, a cintura baixíssima. Os tops são antigos, literais em excesso, daqueles que quem viveu os anos 70 usou, com certeza. A estamparia idem. E dá-lhe listras, bolinhas, imagens ´psicodélicas´, flores e, nos lisos, muitas tiras e argolas cruzando-amarrando as peças vão complicar e embelezar a vida de quem pretende pegar um sol na praia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.