Mostras atestam diversidade da produção nacional

Três exposições inauguradas esta semana confirmam, na prática, a grande diversidade da produção contemporânea brasileira. Enquanto a Pinacoteca doEstado exibe a fotografia ao mesmo tempo clássica e desafiadorade Luis Esteves, o desenho expressionista de Vera Goulart abreuma nova galeria na cidade e o Espaço Virgílio exibe a produçãode três artistas: Helen Faganello, Rafael de Campos e FernandoVilela, que exploram de maneira distinta as possibilidades desseespaço alternativo de exposições.Enquanto Campos elabora um trabalho intimista, noslimites da bidimensionalidade e da pintura, Vilela ultrapassa oslimites físicos e se apropria do entorno da galeria, instalandono espaço público anexo uma de suas esculturas de cimento echumbo e Helen utiliza a pintura como comentário sobre o espaçourbano e a representação da imagem dentro da imagem.A questão da construção espacial e da cidade também é umelemento importante na investigação de Luis Esteves. As 25imagens que o artista mostra a partir de sábado no Café daPinacoteca do Estado, reunidas num conjunto intituladoDetalhes, foram captadas por ele nos últimos três anos emperegrinações pela cidade em busca de pequenos detalhes quecostumam passar despercebidos - como um pregador de roupas numvaral, um corte de cabelo num salão de bairro, o padrão ritmadoe construtivo de pisos e portões ou um simples luminoso detáxi.Os trabalhos de Vera Goulart, que inauguram uma novagaleria de 500 metros de área expositiva, a Espaço Augusta 664,estão entre as principais atrações da semana. São trabalhosintensos, de filiação expressionista, que lidam com questõescomo o papel da mulher e o drama do ser humano. "O meusubconsciente trabalha muito, sem me dar conta. Sinto um ardorforte e neste momento preciso fazer um desenho. Ele tem de sermaravilhoso e complementar o vazio que sinto com o passar dotempo", afirma a artista carioca, radicada na Suíça, ementrevista reproduzida no catálogo da mostra.Luis Esteves. De 3.ª a domingo, das 10 às 18h. Pinacoteca do Estado. Praça da Luz, 2, tel. 229-9844. Até 19/10.Vera Goulart. De 3.ª a sábado, das 11 às 17 h. EspaçoAugusta 664. Rua Augusta, 664, tel. 3346-4504. Até 22/9.Helen Faganello, Fernando Vilela e Rafael Campos. De 2.ªa 6.ª, das 10 às 18 h; sábado, das 11 às 14 h. Espaço Virgílio.Rua Virgílio Carvalho Pinto, 426, tel. 3062-9446. Até 3/10.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.