Mostra traz série de retratos de Warhol sobre judeus célebres

Os dez retratos dedicados aos judeus mais importantes do século XX, como Kafka e Freud, volta a Nova York

Efe

14 de março de 2008 | 19h41

A famosa série de dez retratos que, em 1980, Andy Warhol dedicou aos judeus mais importantes do século XX  como Kafka e Einstein, volta a ser exposta em Nova York intitulada como Os judeus de Warhol: dez retratos reconsiderados. Ela poderá ser vista no museu judaico da big apple a partir de domingo, 16. Além dos retratos, a mostra trará diversos outros trabalhos e artigos relacionados às obras que até hoje desafiam críticos de arte em sua interpretação.   A mostra retrata grandes personagens judeus de todos os âmbitos da cultura, como a célebre atriz francesa Sarah Bernhardt (1844-1923), o cientista Albert Einstein (1897-1955), o pai da psicanálise Sigmund Freud (1856-1939), o escritor Franz Kafka (1883-1924) ou a escritora norte-americana Gertrude Stein (1874-1946), como parte de um grupo mais amplo de judeus cujos feitos influenciaram a humanidade em muitos aspectos.   Nela, além dos retratos, poderão ser vistas pela primeira vez ao mesmo tempo as fotografias em que Warhol se baseou para os trabalhos, vários esboços, uma "colagem" preliminar, uma edição da mostra serigráfica final e uma coleção de pinturas completa das cinco que elaborou para essa série de obras.   O público poderá, ainda, observar material adicional relacionado com os retratos, como a lista de uma centena de "judeus famosos" elaborada pelo revendedor de arte Leo Castelli e uma reportagem televisiva sobre a viagem de Warhol, maior expoente da pop art, a Miami para a inauguração mundial da exposição em 1980.   Segundo o Museu judaico de Nova York, que expôs três coleções desses quadros no outono de 1980, enquanto a audiência judia acolheu positivamente a obra de Warhol desde o primeiro momento, alguns críticos de arte a qualificaram como "insensível".   Após 28 anos de sua estréia, Dez retratos continua afrontando os estudiosos de arte com suas questões sobre por que um artista nunca se interessou pela cultura judaica criou uma série em que homenageia seus personagens ilustres ou como mudou a valoração desses retratos desde sua criação.

Tudo o que sabemos sobre:
Andy Warhol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.