Mostra Sesc de Artes termina amanhã em São Paulo

A Mostra Sesc de Artes, que termina amanhã, espalhou oito pianos pela cidade como parte da intervenção urbana batizada de ''Play-me, I''m Yours'' (''Toque-me, Sou Teu''), do artista inglês Luke Jerram, uma das atrações da mostra. Instrumentos estão expostos desde o dia 8 no Poupatempo da Sé, Largo de Santa Cecília, Marquise do Ibirapuera, Estação Santo Amaro-CPTM, Estação da Luz, Parque da Juventude, Pátio do Colégio e Largo de Pinheiros. Apenas dois instrumentos sofreram com a pichação ou com outra intervenção mais agressiva: no Pátio do Colégio e na Marquise do Ibirapuera.?O resultado tem sido surpreendente. Os pianos não foram depredados ou coisa do tipo. Mesmo o grafite foi uma forma de interação, não de agressão?, disse a porta-voz do Sesc de São Paulo, Juliana Braga. ?A dificuldade será tirar esses pianos dos seus pontos. A população já se apegou aos instrumentos?, completa.Assim, apesar da mostra terminar amanhã, os pianos serão retirados apenas na segunda-feira. ?Ainda não temos as instituições definidas, mas os instrumentos serão doados, eles continuarão à disposição da população carente, de quem nunca teve acesso?, diz Juliana. ?A idéia é que ao menos um dos pianos permaneça em um espaço público?, completa.Além dos pianos, a Mostra Sesc de Artes ainda oferece várias atrações, a maioria acontecendo nas próprias unidades do Sesc ou em seu entorno. Um dos destaques desse final de mostra é um grupo de dança de rua de Niterói, do coreógrafo Bruno Beltrão, que pesquisa as relações entre a dança de rua e a dança contemporânea. A estréia nacional do espetáculo H3, tendo o hip-hop como trilha sonora, vai acontecer hoje Sesc Santana (Avenida Luiz Dumont Vilares, 579), às 21h, com ingressos que custam de R$5 a R$20. As informações são do Jornal da Tarde.

AE, Agencia Estado

17 de outubro de 2008 | 12h26

Tudo o que sabemos sobre:
culturaartesMostra Sesc

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.