Mostra retrata polêmica entre arte e realidade

A sintonia entre arte e realidade é a questão central da mostra Arte e Sociedade - Uma Relação Polêmica, que será aberta hoje no Itaú Cultural. Essa exposição coroa uma longa reflexão, de quase duas décadas de existência, sobre a preocupação social na arte brasileira e é fruto direto do livro Arte para Quê?, lançado em 1987, pela historiadora Aracy Amaral, e que acaba de ganhar sua terceira edição. O convite feito pelo Itaú Cultural para que Aracy desse corpo expositivo a esta investigação de caráter mais acadêmico foi uma excelente oportunidade de mostrar, na prática, como vida social e arte são indissociáveis, principalmente em momentos de grande tensão política, como o que vivemos atualmente. "A mostra acabou ganhando uma atualidade impressionante", comenta a historiadora, que não se surpreenderá se a arte dos nossos tempos der uma guinada para o diálogo e a reflexão social. Afinal, vivemos tempos conturbados. Com a ajuda de Regina Teixeira de Barros, Aracy selecionou mais de 250 trabalhos, de 98 autores diferentes. A mostra tem início com os grandes mestres da pintura brasileira no período entre 1930 e 1945. Um painel coloca lado a lado obras históricas como Café, de Portinari; Operários, de Tarsila do Amaral; e Guerra, de Lasar Segall. Depois, uma seleção impressionante de telas realistas, como o terror diante da guerra de Ivan Serpa, o mundo do trabalho, como Alfaiataria, de Jorge Mori ou as telas de Rigaud.Após esse primeiro núcleo mais realista, começam a surgir os trabalhos dos artistas mais internacionalistas, como Frans Weissmann, Marcelo Nitsche, Antonio Henrique Amaral e Antonio Dias, contemplando as obras produzidas entre 1945 e 1970. Depois vem a produção brasileira das décadas de 70, 80 e 90 e é surpreendente como questões relacionadas à ausência de direitos e igualdades sociais, violência social e urbana e uma crescente preocupação com a questão ambiental tiveram - e continuam tendo - um papel preponderante na produção artística mais recente. Arte e Sociedade - Uma Relação Polêmica. De terça a sexta, das 10 às 21 horas; sábado e domingo e feriado, das 10 às 19 horas. Itaú Cultural. Avenida Paulista, 149, tel. 3268-1700. Até 29/6. Abertura hoje, às 19h30, para convidados

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.