Mostra no CCBB reúne filmes de Rosa von Praunheim

"Não é o Homossexual que é Perverso, mas a Situação em que Ele Vive". O provocativo título deste filme de 1970 já dá uma ideia do engajamento do polêmico diretor alemão Rosa von Praunheim nas questões homossexuais.

AE, Agência Estado

26 de setembro de 2012 | 11h19

Um clássico na obra do cineasta, que completa 70 anos em novembro - ainda na ativa, com mais de quatro décadas de carreira -, o longa é uma das atrações da mostra "Imagens Engajadas - Uma Homenagem a Rosa von Praunheim". As sessões vão desta quarta a 7 de outubro, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em uma parceria com o Goethe-Institut.

Nesta produção que mistura documentário e ficção, programada para sábado, às 15h, o diretor trata não apenas da repressão da sociedade contra os gays, mas também questiona a responsabilidade do estilo de vida e a falta de consciência política deles para as condições em que vivem.

"Ele colocou isso de maneira muito provocante e direta", comenta o curador da mostra, Arndt Roskens. "Esse filme foi o motivo da fundação de várias organizações gays na Alemanha. Teve um efeito político direto também."

Ainda no sábado, o diretor participa de uma conversa com o público via Skype, às 17h. Em seguida, será exibido um de seus trabalhos mais conhecidos, "O Einstein do Sexo" (1999), sobre o sexólogo alemão Magnus Hirschfeld, perseguido pelos nazistas.

Nesta quarta, o destaque fica para "O Rei da HQ - Ralf König", às 19h, filme mais recente de Praunheim, que passou no Festival de Berlim deste ano. Já às 15h, será exibida a primeira parte da "Trilogia da Aids" (1990).

Nascido Holger Bernhard Bruno Mischwitzky, o cineasta adotou o nome artístico em referência ao triângulo rosa, que era usado para identificar os homossexuais nos campos de concentração nazista, e ao bairro de Frankfurt onde cresceu, Praunheim. As informações são do Jornal da Tarde.

IMAGENS ENGAJADAS - UMA HOMENAGEM A ROSA VON PRAUNHEIM

Centro Cultural Banco do Brasil (Rua Álvares Penteado, 112, centro). Tel. (011) 3113-36511. De quarta a 07/10. R$ 4 (sessões em DVD: grátis).

Tudo o que sabemos sobre:
cinemamostra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.