Mostra ilustra a percepção de sujeira ao longo dos séculos

Exposição 'Dirt' mostra medidas de profilaxia dos romanos, insalubridade da era vitoriana e megalixões dos dias de hoje

BBC Brasil, BBC

24 de março de 2011 | 08h30

 

 

Uma mostra inaugurada nesta semana em Londres expõe diferentes formas como a sujeira foi vista por diferentes culturas ao longo de vários séculos.

A exposição Dirt: the Filthy Reality of Everyday Life, que poderia ser traduzido como ''Sujeira: a Imunda Realidade da Vida Cotidiana'', em cartaz na Wellcome Gallery, usa ilustrações, pinturas, fotografias, peças científicas e mapas que mostram a aversão e fascinação exercida pela imundície.

Há desde um urinol usado pelos romanos até uma instalação de um artista contemporâneo na qual ele cria um ''tapete de sujeira''.

A exposição destaca ainda como a noção de limpeza foi utilizada para justificar o preconceito racial, desde em imagens dos primórdios da publicidade até por cientistas alemães cooptados pelos nazistas.

Chamam atenção ainda ilustrações e fotos destacando as condições esquálidas de vida na Inglaterra vitoriana, como uma vestimenta especial criada para evitar o contágio do cólera.

 

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.