Mostra faz retrospectiva da obra de Mazzaropi

Aproximadamente 500 fotos, cartazes e objetos pessoais do ator e cineasta Amácio Mazzaropi estão expostos em uma mostra em Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, em São Paulo. O evento, que busca resgatar aspectos da vida e da obra do maior caipira brasileiro faz parte da Semana Mazzaropi, que começa na próxima terça-feira e vai até o dia 12 de abril.Montada em homenagem ao aniversário do ator - se estivesse vivo, Mazzaropi faria 91 anos na próxima quarta-feira - a mostra traz, por exemplo, a foto do último espetáculo, apresentado em 1979 em Minas Gerais, antes de sua morte. Há também roupas, objetos e equipamentos usados na produção de seus 32 filmes.Relíquias como a espingarda de cano torto, um instrumento musical de mais de 80 anos usado pelo pai, Bernardo Mazzaropi, e até um dos vestidos usados pela apresentadora Hebe Camargo nas apresentações ao lado do cineasta podem ser apreciadas pelo público. Grande parte do acervo pertence ao colecionador Francisco Santiago, que além de conviver e trabalhar com Mazzaropi, dedica-se à manter viva a memória do cineasta.A mostra acontece na sala de turismo da Estação da Estrada de Ferro Campos do Jordão, em Pindamonhangaba, onde o ator foi enterrado. Por este motivo, também será colocada no trevo de entrada da cidade uma estátua do Jeca - personagem que marcou a obra de Mazzaropi - em tamanho natural. Confeccionada pelo artista plástico Sérgio Callipo, a escultura colorida, ficará em um pedestal de dois metros de altura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.