Mostra em Londres liga guerra a avanços na medicina

Esposição trata de como médicos e pesquisadores têm lutado para tratar os feridos.

Helen Briggs, BBC

21 de novembro de 2008 | 17h57

Uma exposição em uma galeria de Londres aborda a dura realidade das guerras e como a medicina tem lutado para curar os feridos em conflitos.A mostra War and Medicine, organizada em parceria com o Museum of Man, de Dresden, entra em cartaz na Wellcome Collection a partir deste sábado.Em uma das paredes, uma grande tela mostra um soldado da Primeira Guerra Mundial "sendo retirado da lama" em uma maca, como descreve a curadora da exposição, Kate Forde.Forde diz que o quadro de Gilbert Rogers é "horrorosamente realista"."Foi pintado depois da guerra, mas, sem dúvida, ele estava fazendo rascunhos enquanto estava na frente de combate", afirma.A tela ficou enrolada na Wellcome Collection por meio século e precisou ser restaurada por semanas antes de ser exibida.Face modernaEm outra obra, uma instalação de vídeo mostra médicos e enfermeiros cuidando de soldados feridos no Afeganistão com tudo que a medicina moderna tem a oferecer.Ao contrário do quadro de Rogers, a instalação de vídeo, feita por David Cotterrell, foi criada especialmente para a exposição para mostrar a face moderna da medicina de guerra.O artista passou várias semanas no Afeganistão em 2007, assistindo a operações realizadas em tendas no deserto e vendo soldados sendo levados de volta para casa para cirurgias de emergência.A exposição também inclui obras que mostram técnicas de cirurgia plástica desenvolvidas durante a Primeira Guerra Mundial para tratar ferimentos que desfiguravam o rosto e outras histórias em vídeo sobre as cicatrizes mentais deixadas pela guerra.Kate Forde diz que espera que a mostra faça com que os visitantes pensem sobre "a contradição entre a destruição da guerra e a humanidade da cura".Para Forde, o assunto "não é tabu, mas é levemente escondido". "As pessoas vão pensar no custo humano da guerra, e não apenas o impacto físico", conclui a curadora da exposição.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.