Mostra em Berlim destaca museus de arquitetura futurista

Exposição mostra como construções de museus passou de sisuda a ousada.

Marcelo Crescenti, BBC

24 de março de 2008 | 07h25

Uma exposição em Berlim mostra fotos e maquetes dos museus considerados os mais modernos do mundo e que trazem uma rara visão do que há de mais arrojado e futurista no mundo da arquitetura moderna.Na mostra Museus no século 21 estão expostos 28 projetos, entre eles de museus nos Estados Unidos, França, Japão, Alemanha e Itália. Vários desses prédios lembram esculturas ao ar livre.Alguns museus tem formas inusitadas, como a Casa de Cultura da cidade austríaca de Graz, que se assemelha a uma grande bolha azul.Outro trabalho curisoso é o do arquiteto Frank Gehry, que projetou uma galeria de arte em Washington feita de restos retorcidos de metal."Os museus atuais são verdadeiras catedrais do tempo contemporâneo", diz Rebekka Rudin, curadora da exposição no museu Pergamon em Berlim.Segundo os organizadores, a arquitetura segue a tendência que faz do museu moderno um lugar vivo em que visitantes experienciam a arte e o passado.A exposição Museus no século 21 fica no museu Pergamon, em Berlim, até o dia 25 de maio de 2008.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.