Mostra com personagens criados por Stan lee aponta futuro das franquias no cinema

Mostra com personagens criados por Stan lee aponta futuro das franquias no cinema

A última sala da exposição no museu Art Ludique é reservada a alguns dos heróis menos populares da editora, mas protagonistas da investida mais ousada da Marvel Studios nos cinemas. Os Guardiões da Galáxia foram criados por Dan Abnett e Andy Lanning em 1969 e a equipe é composta apenas por personagens desconhecidos: Star-Lord, um terráqueo filho de um Rei alienígena; Gamora, filha de Thanos (o vilão que aparece sorrindo no final de Os Vingadores); Groot, uma árvore com vocabulário limitado a apenas "Eu sou Groot"; Drax, O Destruidor, um guerreiro capaz de fazer frente ao Hulk; e Rocket Racoon, um guaxinim super inteligente e com tendências homicidas.

Ramon Vitral, Paris - O Estado de S.Paulo

22 de abril de 2014 | 02h06

O primeiro encadernado da série mais recente do grupo foi impresso com seu título acompanhado da frase: "Os Vingadores cósmicos". Agendado para estrear em julho de 2014 no Brasil, o filme é dirigido por James Gunn e protagonizado por Chris Pratt (Star-Lord), Bradley Cooper (a voz de Rocket Racoon) e Vin Diesel (dublando o pouco articulado Groot). O filme será o último antes da estreia da Os Vingadores 2 - A Era de Ultron, capítulo final da segunda fase da Marvel Studios no cinema. A primeira foi iniciada em 2008, com o primeiro Homem de Ferro e terminou em Os Vingadores e, para a terceira, estão previstos um novo Thor, outro Capitão América, mais Guardiões da Galáxia, um terceiro Vingadores e a estreia do Homem-Formiga no cinema - com Michael Douglas e Paul Rudd vestindo o uniforme do herói.

Além de artes conceituais da pré-produção de Guardiões da Galáxia, a sala do personagem era composta por artes das mais recentes edições da equipe, com formação completamente diferente dos primeiros gibis do grupo. No meio do espaço e encerrando a exposição, um impressionante busto do personagem Groot. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.