'Morte no Nilo' completa 70 anos com festas no Reino Unido

Cidade natal de Agatha Christie organiza série de eventos, festas e leituras públicas da obra

Ansa,

20 de agosto de 2007 | 15h46

O Reino Unido comemora esta semana os 70 anos da publicação do livro Morte no Nilo de Agatha Christie. A cidade natal da famosa escritora inglesa de romances policiais, Torquay, no condado de Devon, organizou uma série de eventos, festas e leituras públicas da obra.  Christie nasceu em 1890 nessa tranqüila cidade no sudoeste da Inglaterra, onde passou grande parte da vida e morreu em Londres, em 1976.Agatha Mary Clarissa Miller Christie foi uma escritora britânica de romances de mistério, mas também chegou a escrever livros românticos sob o pseudônimo de Mary Westmacott. Seus livros venderam mais de um bilhão de exemplares em língua inglesa e outro um bilhão em mais de 45 idiomas. Sua obra de teatro La Ratonera (baseada em seu relato Three Blind Mice and Other Stories) tem o recorde de permanência em cartaz em Londres, com mais de 20 mil apresentações desde sua estréia no teatro Ambassadors no dia 15 de novembro de 1952 até hoje. Christie publicou mais de oitenta romances e obras de teatro, principalmente sobre assassinatos misteriosos e com a presença de dois de seus personagens principais, Hercules Poirot e Miss Marple. Alguns de seus livros mais famosos foram O misterioso caso de Styles (1920), Assassinato no campo de golfe (1923), Poirot Investiga (1924), O mistério do trem azul (1928), Os treze problemas (1933), Assassinato no Expresso Oriente (1934), Morte na Mesopotâmia (1936), Morte no Nilo (1937) e Primeiros casos de Poirot (1974).

Tudo o que sabemos sobre:
Agatha ChristieMorte no Nilo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.