Morreu o fotógrafo alemão Horst Tappe

O fotógrafo alemão Horst Tappe, retratista célebre de artistas e escritores, morreu no domingo aos 67 anos em Vevey, Suíça, depois de lutar contra uma doença, anunciou a família.Artista de luzes e sombras, Horst Tappe imortalizou muitas personalidades. Sua câmera registrou o rosto dos pintores Pablo Picasso e Oskar Kokoschka, da escritora Patricia Highsmith, além dos autores Jean Giono, Jean Anuilh, Vladimir Nabokov, Ian Fleming e Salman Rushdie.Nascido em Westfalia (oeste da Alemanha) em 13 de maio de 1938, Horst Tappe vivia desde 1965 em Montreux, região oeste da Suíça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.