Morrem Liebling e Eliseo Alberto

O fotógrafo norte-americano Jerome Liebling, que influenciou uma geração de documentaristas e fotógrafos de ideologia socialista, morreu na quarta-feira, nos EUA, aos 87 anos. Liebling teve formação em arte e design e sua entrada no campo da fotografia se deu depois da 2.ª Guerra, quando integrou a cooperativa Photo League, onde trabalhou com Paul Strand, sua grande influência. Já o escritor cubano Eliseo Alberto morreu ontem, na Cidade do México, depois de não resistir a transplante de rins. Nascido em 1951, era filho do poeta Eliseo Diego e vivia no México. Em 1998, venceu o Prêmio Internacional Alfaguara de Romance. / NYT e EFE

, O Estado de S.Paulo

01 de agosto de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.