Morre Ulrich Muehe, astro de filme alemão sobre a Stasi

O ator alemão Ulrich Muehe, conhecidointernacionalmente pelo papel contundente de um agente dapolícia secreta da Alemanha Oriental (a Stasi) no dramapremiado com o Oscar "A Vida dos Outros", morreu aos 54 anos. Ainformação foi divulgada por sua família nesta quarta-feira. Muehe, que cresceu no ex-Estado comunista e teve o iníciode sua carreira prejudicado por informantes da Stasi, revelou ajornais alemães este mês estar sofrendo de câncer do estômago. Ele era veterano do teatro alemão e atuou em mais de 30filmes alemães e estrangeiros, mas será lembrado no resto domundo pelo papel de Gerd Wiesler, o agente calvo da Stasi nofilme que recebeu o Oscar de melhor filme em língua estrangeiraem fevereiro deste ano. No drama ambientado em Berlim oriental cinco anos antes daqueda do Muro de Berlim, o personagem de Muehe é instruído porseus superiores na Stasi a espionar um dramaturgo de sucessoque se desentendeu com o Partido Comunista. Ele se instala no sótão do prédio do autor, grampeando seutelefone e seu apartamento. Mas, depois de passar semanasouvindo o que se passa no cotidiano do escritor, acaba sesolidarizando com ele. Wiesler, que começa como agente da Stasi frio e resoluto,acaba passando por uma transformação moral e ocultando asatividades políticas subversivas do dramaturgo. No ano passado, depois de receber seu troféu "Lola" demelhor ator em Berlim, Muehe disse à Reuters: "Foram precisosalguns anos para que alguém conseguisse encontrar uma maneirainteligente de mostrar um sistema que manteve 17 milhões depessoas trancadas e oprimidas". Nascido em Grimma, perto de Leipzig, Muehe disse que suaexperiência de vida sob o governo comunista o ajudou a compor opersonagem trágico de Wiesler. Muehe deixa sua mulher, a atriz Susanne Lothar, e cincofilhos de três casamentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.