Toni Albir/EFE/EPA
Toni Albir/EFE/EPA

Morre Richard Rogers, arquiteto vencedor do Pritzker, aos 88 anos

Profissional ficou conhecido por projetar edifícios de renome mundial, como o Centro Pompidou, em Paris

AFP, Agência

19 de dezembro de 2021 | 11h35

O arquiteto britânico Richard Rogers, conhecido por projetar alguns edifícios mundialmente famosos, como o Centro Pompidou de Paris, morreu aos 88 anos de idade, segundo informações da imprensa. 

Rogers, criador do Domo do Milênio em Londres e de um dos terminais do aeroporto de Barajas em Madrid, na Espanha, "morreu pacificamente" na noite de sábado, 18, disse Mattheu Freud, presidente da empresa de comunicação Freuds, da agência Press Association.

Ganhador do prestigioso prêmio Pritzker de 2007, Rogers foi um dos pioneiros do movimento arquitetônico high tech, que transformou os princípios estéticos para expor os elementos funcionais dos edifícios.

Entre outras de suas obras estão a sede de Lloyd's de Londres e o edifício Leadenhall, conhecido como "cheesegrater" (ralador de queijo) por sua forma particular.

Nascido em Florença, na Itália, em 1933, seu padre era um médico e sua mãe discípula do escritor irlandês James Joyce. A família fugiu da Itália durante a ditadura de Benito Mussolini e se estabeleceu na Inglaterra em 1938.

Tudo o que sabemos sobre:
arquitetura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.