Morre pintor e escultor espanhol Antoni Clavé

O pintor e escultor espanhol Antoni Clavé morreu nesta quarta-feira aos 92 anos de idade em sua casa em Saint-Tropez, anunciou a prefeitura da localidade no sudoeste da França. Nascido no dia 5 de abril de 1913 em Barcelona (nordeste da Espanha), Antoni Clavé se exilou na França em 1939, depois da Guerra Civil espanhola na qual combateu do lado republicano. Instalado inicialmente em Paris, era amigo de Picasso e ficou conhecido como ilustrador - de obras de Mérimée, Pushkin e Voltaire, principalmente - e criador de cenários e roupas para balé. Sua obra pictórica, marcada pelo cubismo e o surrealismo, caracterizava-se pelo uso de suportes múltiplos (papelão, tela, alumínio etc), evoluindo rapidamente para o abstracionismo. Os desenhos, pinturas, gravuras e esculturas do artista catalão foram objeto de inúmeras exposições e retrospectivas em museus e galerias da França, Suíça, Espanha, Estados Unidos, Itália e Japão. Antoni Clavé, que residia em Saint-Tropez há muitos anos, será enterrado na próxima terça-feira no cemitério parisiense de Montparnasse.

Agencia Estado,

02 de setembro de 2005 | 17h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.