Divulgação
Divulgação

Morre Phil Stern, famoso fotógrafo de estrelas de Hollywood

Ele fotografou nomes como Marilyn Monroe e James Dean

O Estado de S. Paulo

14 Dezembro 2014 | 22h39

WASHINGTON - O fotógrafo americano Phil Stern, que retratou estrelas de Hollywood como Marilyn Monroe, James Dean e Marlon Brando, morreu neste sábado aos 95 anos em Los Angeles, confirmou neste domingo seu representante, Geoff Katz. Stern, que vivia no lar para Veteranos de Guerra da Califórnia, sofria de enfisemas e problemas cardíacos.

O cineasta Brett Ratner lamentou a morte do amigo."Meu bom amigo morreu. Phil Stern. 95 anos. Lendário fotógrafo com uma vida impressionante. Agradecido de ter estado ali para seu 95º aniversário", escreveu Ratner no Instagram

Nascido na Filadélfia em 3 de setembro de 1919, Stern, que publicou em revistas como Life, Vanity Fair e Look, começou como aprendiz em um estúdio de fotografia de Nova York.


Mais tarde, aperfeiçoou seus conhecimentos na Segunda Guerra Mundial (1939-1945) como cinegrafista combatente no norte da África e na Itália, o que o valeu a medalha "coração púrpura", condecoração dada a membros das Forças Armadas dos Estados Unidos em reconhecimento aos serviços prestados durante a guerra.

Após o conflito, Stern participou como fotógrafo de filmes de Hollywood, o que facilitou seu acesso às grandes estrelas do cinema, que imortalizou em cenas cotidianas.

Marilyn Monroe, James Dean, John Wayne, Marlon Brando, Frank Sinatra, Lauren Bacall e Humphrey Bogart foram alguns dos célebres protagonistas de suas imagens.

Apesar de sua proximidade à elite de Hollywood, raramente se tornou confidente das estrelas que capturou com sua lente.

"Eu era como o encanador que vem regular o banheiro. Depois, já não o vê mais", comentou em 1993 em entrevista à Life. "Não me importava conhecê-los. Com frequência, muitos deles eram realmente babacas", acrescentou Stern, que também fotografou a posse do presidente John F. Kennedy.

Durante décadas, o fotógrafo captou sessões de gravação de grandes nomes do jazz, como Louis Armstrong e Ela Fitzgerald. Em uma recente conversa com o Los Angeles Times, Stern, que recebeu vários prêmios durante sua carreira, revelou que sua paixão pela fotografia surgiu aos 12 anos, quando ganhou de sua mãe uma câmera que a Kodak presenteava como brinde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.