Morre Peter o'Donnell, criador da heroína Sexy Modesty Blaise

Morreu na segunda-feira passada, em Brighton, Inglaterra, aos 90 anos, o escritor Peter O"Donnell, criador nos anos 1960 da personagem Modesty Blaise, uma espécie de resposta feminina a James Bond. A tira da personagem foi publicada pelo London Evening Standard durante 40 anos. O"Donnell sofria do Mal de Parkinson, e sua morte só foi confirmada no final de semana por Nick Landau, da Titan Books. Pulp fiction cultuadíssima pelos fãs do gênero (Tarantino entre eles), Modesty Blaise é sexy, misteriosa, terrível para os planos de supervilões, à moda de 007. O"Donnell, sargento em 1942, conheceu em Tanger uma órfã descalça e vestida em trapos, que seria inspiração para a infância de Modesty.

NYT, O Estado de S.Paulo

10 de maio de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.