Morre Oleg Cassini, o estilista de Jackie Kennedy

Oleg Cassini, estilista que desenhou os vestidos que fizeram de Jacqueline Kennedy uma das primeiras-damas mais glamourosas da história, morreu na sexta-feira, aos 92 anos. Segundo a viúva, Marianne Cassini, estava internado num hospital de Long Island, onde procurou ajuda após sentir muita dor de cabeça.Cassini teve uma longa carreira que se estendeu por sete décadas. Ele adquiriu fama internacional como estilista oficial de Jacqueline Kennedy, quando ela era a primeira-dama dos EUA. Jackie tinha um jeito simples de se vestir, usava vestidos geométricos feitos com tecidos suntuosos. Seus modelos (e penteado) foram copiados por mulheres de todo o mundo. Cassini também criou modelos especiais para estrelas de Hollywood como Joan Fontaine, Joan Crawford e Grace Kelly. Foi casado com a lendária Gene Tierney, do clássico noir Laura.Nascido em Paris, em 1913, era filho de um conde russo e uma condessa italiana que adquiriu certo prestígio, em Milão, confeccionando vestidos. Influenciado pela mãe, Cassini ingressou no mundo da moda e mudou-se para os EUA em 1936. Colaborou com estilistas em Nova York antes de seguir para Hollywood, onde começou a trabalhar na Paramount. Em 1987, publicou sua autobiografia, In My Own Style, que mais parece o relato de um sátiro, narrando suas aventuras com as mulheres.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.