Morre o tenor Charles Anthony

Morreu ontem, aos 82 anos, em Nova York o tenor norte-americano Charles Anthony, que participou de 57 temporadas do Metropolitan Opera House. Recordista em apresentações na casa, Anthony cantou 2.928 vezes no MET, interpretando 11 papéis em 69 óperas. Sua estreia foi em 1954 na ópera Boris Godunov, de Mussorgsky, fazendo um pequeno papel, Simpleton, mas muito elogiado pela crítica, que previu um grande futuro para o cantor. De fato, ele representou os principais papeis do repertório clássico, como Don Otavio, da ópera Don Giovanni. Filho de imigrantes italianos, ele nasceu Calogero Antonio Caruso, em 15 de julho de 1929. / NYT

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.