Morre o poeta peruano Emilio Westphalen

O poeta peruano Emilio Adolfo Westphalen, considerado um dos mais importantes poetas surrealistas da América Latina, morreu hoje, em Lima, aos 90 anos, informou um canal de televisão a cabo. Durante sua longa e fértil trajetória, Westphalen escreveu, entre outras obras, Las ínsulas extrañas e Belleza de una espada clavada em la lengua, fundou o Movimento Surrealista Peruano e recebeu inúmeros prêmios literários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.