Morre o poeta Nicanor Vélez

O colombiano Nicanor Vélez, poeta e editor da coleção de poesia do selo Galáxia Gutenberg-Círculo de Leitores, morreu segunda-feira, na Espanha. Vélez conciliou seu trabalho de editor com o de poeta e autor de artigos e ensaios de literatura. Escreveu sobre a obra de Pablo Neruda, Octavio Paz, Gonzalo Rojas, José Ángel Valente e seus compatriotas José Asunción Silva e Giovanni Quessep. Publicou três livros de poemas La Memoria del Tacto, La Luz Que Parpadea e, mais recentemente, La V ida Que Respira. Desde 1997, dirigia a cuidadosa coleção de poesia, que dedicou significativas antologias a grandes poetas do século 20. / EFE

O Estado de S.Paulo

29 Dezembro 2011 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.