Morre o poeta Mamdouh Edwan, tradutor de Homero

Mamdouh Edwan, um renomado poeta e dramaturgo árabe, morreu aos 63 anos, informou hoje a agência de notícias síria SANA. Edwan morreu de câncer no hospital al-Assad de Damasco, segundo o jornal estatal Al-Thawra, onde trabalhou por um tempo. O jornal classificou o poeta como um "mestre para todo aquele que deseja aprender sobre sobre teatro, romances, jornalismo, tradução, drama, ensaios políticos e a arte de viver".Edwan, de nacionalidade síria, que traduziu as obras de Homero, A Ilíada e A Odisséia, do inglês para o árabe, escreveu mais de 80 obras, entre elas coleções de poesia, 26 peças de teatro, 16 séries series de televisão e dois romances.Entre seus mais famosos poemas estão Se Não Fosse Palestino e O Tempo Impossível. Edwan, que nasceu em Mesyaf, uma aldeia do norte da Síria, se formou em literatura inglesa na Universidade de Damasco e trabalhou como jornalista no Al-Thawra em 1964. O funeral está marcado para amanhã, em Mesyaf. Edwan deixa mulher, um filho e uma filha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.