Morre o pintor modernista americano Al Held

O pintor americano Al Held, famoso por suas obras modernistas e abstratas produzidas em larga escala, foi encontrado morto na piscina de sua casa na semana passada. Held, de 76 anos, era natural de Nova York e vivia na cidade italiana de Todi havia 20 anos. Por sua obra, foi considerado membro honorário da Escola Minimalista de Pintura americana. Por seu trabalho, ele era considerado tanto na Europa como nos Estados Unidos.Segundo seu amigo Bill Pepper, seu corpo foi encontrado pelo jardineiro. A polícia local investigou a causa de sua morte, Por determinação das leis italianas, quando a morte ocorre na moradia da vítima. A polícia concluiu que Held morreu de causas naturais, apesar de não dizer exatamente o motivo.Há duas décadas Held passava mais tempo na Europa. Ele se mudou para Paris no início dos anos 50, quando fez sua primeira exposição individual em 1952. Ele fazia pinturas colossais e telas com formas geométricas coloridas. Held deixa uma filha, Mara Held.

Agencia Estado,

27 de julho de 2005 | 15h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.