Morre o ícone do punk Poly Styrene

A cantora punk Poly Styrene, ex-vocalista da banda X-Ray Spex, morreu anteontem, aos 53 anos, em decorrência de um câncer. A informação foi divulgada pelo Twitter da artista. Styrene, nascida com o nome de Marianne Elliot-Said, foi pioneira na música punk. Segundo declarações da própria roqueira, ela formou o grupo X-Ray Spex em 1976, aos 18 anos, depois de ter assistido a um show dos Sex Pistols. Em seguida, lançou o sucesso Oh Bondage up Yours e o álbum de estreia da banda, Germ Free Adolescents, chegou aos mercados no ano de 1978. Artistas como Boy George e Glen Matlock, dos Sex Pistols, prestaram homenagens à cantora pela internet. / EFE

, O Estado de S.Paulo

27 Abril 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.