Morre o historiador que mostrou Palmares ao Brasil

O historiador Décio Freitas morreu nesta terça-feira, em Porto Alegre, aos 82 anos, de enfisema pulmonar. Considerado "o pai da nossa história" pelo Movimento Negro do Rio Grande do Sul, Freitas comprovou a existência do herói Zumbi no livro Palmares - A Guerra dos Escravos, escrita no Uruguai com subsídios recolhidos de duas viagens clandestinas ao Brasil e publicado em 1971.A obra fez o Brasil rediscutir o legado da escravidão. O autor voltaria ao tema em Insurreições Escravas (1975), Escravos e Senhores de Escravos (1977), O Escravismo Brasileiro (1980) e Escravidão de Índios e Negros no Brasil (1980).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.